Post 85 Natureza

Estamos vivenciando um trimestre dedicado às prevenções: Setembro Amarelo contra o Suicídio, Outubro Rosa na prevenção do Câncer de Mama e agora o Novembro Azul sobre o Câncer de Próstata.

Aqui no Ser Integral somos solidários e apoiamos estas iniciativas, mas também trazemos alertas em sintonia com os princípios que sempre defendemos por aqui: sendo que o mais importante é a Responsabilidade pela própria Saúde. Vamos começar pelo conceito do que é prevenção: antecipar-se ao evento é uma delas ou seja tomar providências para evitar que algo aconteça. Acompanhe comigo, as campanhas acima citadas focam principalmente no que consideramos um Rastreio para Diagnóstico Precoce. Significa fazer exames para descobrir o mais breve e rapidamente possível se já temos o Câncer instalado. A idéia deste post não é discutir a eficácia ou não deste procedimento, não é a nossa praia. Esta Medicina Preventiva responde à demanda de uma sociedade que tem dificuldade em responsabilizar-se pela própria Saúde. Fazemos o que achamos melhor no tocante à condução da nossa saúde,  mesmo sentindo que estamos trabalhando contra nós mesmos e depois enchemos os consultórios médicos para fazer os exames de “prevenção” e voltarmos para casa tranquilos.

Nossa proposta então é provocar em você que nos acompanha aqui no Ser Integral o desejo de  acordar desta letargia. Vamos assumir o comando das nossas vidas, através de ações realmente preventivas e que mesmo que não nos garantam sucesso total no combate a incidência cada vez maior nos casos de câncer, nos permitirá uma qualidade de vida acima da média, aquela que de fato merecemos.

Porque não garante sucesso total na probabilidade de evitar ter câncer? Porque esta é uma doença multifatorial e complexa, muito dependente também de fatores externos que não podemos controlar, como radiações, poluição ambiental de todos  os tipos, alimentos contaminados por agrotóxicos, uso indiscriminado de produtos de beleza e higiene contendo metais pesados etc…

Mas nós podemos fazer a nossa parte e muito bem! E é sobre isso que vamos falar a seguir.

Já dizia Hipócrates a quase quinhentos anos antes de Cristo: “Que o seu alimento seja o seu remédio e o seu remédio seja o seu alimento”. Ou seja a alimentação é o pilar número um na prevenção das doenças, incluindo o câncer, e manutenção da saúde.

Aliás, é muito importante ressaltar aqui, que outro Princípio importante aqui no Ser Integral é a busca pela saúde. Isso mesmo: às vezes perdemos muito tempo querendo saber tudo sobre a doença, esquecidos de todo aprendizado disponível sobre Como Ser Saudável.

Mas vamos às 10 maneiras reais de prevenção ao câncer e outras doenças degenerativas, afinal não é só o câncer que mata e traz sofrimento:

1. Pensar a alimentação como nutrição das células, além é claro do prazer imenso de uma saborosa refeição. Isso significa incluir (diariamente) alimentos da classe dos vegetais crucíferos:

couve, couve flor, couve de bruxelas, nabo, rabanete, repolho, mostarda, rúcula e agrião. São alimentos ricos em enxofre, vitaminas, minerais e fitonutrientes específicos com propriedades antioxidantes que protegem contra os radicais livres (aqueles danadinhos que além de contribuir para o envelhecimento precoce também baixam a nossa imunidade). Existem muitos estudos científicos comprovando sua capacidade de proteger contra o câncer e outras doenças que surgem a partir de uma baixa da imunidade;

2. Adotar a cúrcuma ou açafrão da terra, associada à pimenta para temperar seus alimentos. Considerada um poderoso anti inflamatório, anti oxidante e anti microbiana, é o ingrediente responsável pela cor amarelada do curry indiano. Curiosamente na Índia, onde este tempero é largamente utilizado na alimentação diária, se encontra um índice de câncer de pulmão, cólon, mama e próstata, muito menor do que os Estados Unidos, por exemplo. A associação com a pimenta também se deve a observação dos hábitos de consumo indiano da cúrcuma, quando se percebeu que juntas as duas são mais eficazes na prevenção do câncer;

3. Aumentar a ingestão de alimentos ricos em Ômega 3, tais como peixes do mar, especialmente os de água fria: salmão, sardinha, atum etc… também a linhaça é importante fonte de ômega 3 entre outros anti oxidantes presentes em sua constituição. No caso da linhaça é importante cuidar para evitar sementes ou óleos rançados;

4. Evitar alimentos à base de soja. A maioria da produção nacional de soja, utiliza agrotóxicos em larga escala e sementes transgênicas, tornando seu consumo bastante questionável do ponto de vista da saúde. Sua única forma de consumo deve ser na forma fermentada em alimentos como o tempeh, o shoyo, o missô e o tofu, associados a uma dieta rica em frutas, legumes e verduras (de preferência orgânicas). A fermentação desativa substâncias naturais encontradas na soja, conhecidos como fatores anti nutricionais;

5. Tomar Sol diariamente para usufruir dos benefícios da vitamina D. Também pode incluir cápsulas de óleo de fígado de bacalhau, tão utilizado antigamente por nossas avós. Peça ao seu médico exames para verificar seus níveis de vitamina D (que na verdade é um hormônio)  e se for o caso ele indicará a suplementação adequada;

6. Gerenciar o estresse e as emoções. Este item aqui vale um post inteiro e se você tiver paciência, pode procurar aqui mesmo no blog Ser Integral os vários posts que escrevi sobre a importância de equilibrar as emoções. São muitos os prejuízos do estresse em demasia e das emoções em desequilíbrio, mas quero ressaltar o principal deles que o prejuízo que juntos eles causam ao sistema imunológico. O sistema imunológico é o responsável por nos proteger da proliferação de vírus, bactérias e células cancerosas, por exemplo.;

7. Agora a dica de ouro, aquela que fez valer a pena você ter lido até aqui. Observe que todas as dicas acima tem ligação direta com a Natureza. Natureza vegetal, Natureza animal, a nossa Natureza humana. Isso mesmo! a verdadeira prevenção de todas as doenças, aí incluídas o câncer e todas as doenças degenerativas que nos assombram está em mantermos uma conexão muito próxima com a Natureza. Natureza da qual somos parte intrínseca e sem a qual ficamos sem chão (literalmente!). Nós só permanecemos vivos se estivermos ligados à terra. A terra é nossa fonte, nos alimenta, mata nossa sede e fornece o ar que respiramos. Assim, é imperativo buscar esta conexão. Curioso é que podemos fazer isto de forma muito simples, seja pela contemplação da beleza das flores, do envolvimento com o sorriso de uma criança, de um idoso (eles sorriem mais facilmente), da simples observação do ar entrando e saindo dos nossos pulmões na maravilha de respirar…

Eu espero com estas simples palavras ditas do meu coração, ter despertado em você o desejo de iniciar (ou prosseguir) nas maneiras reais de prevenção ao câncer, mas principalmente por assumir a responsabilidade por si mesmo(a).

Assumir a responsabilidade por si mesmo(a) implica em auto conhecimento, cujo maior resultado é conhecer o seu Propósito. Isso mesmo, saber quem somos e onde queremos chegar. Sem determinar o caminho a seguir, ficamos a mercê não chegamos a lugar algum. Parafraseando o coelho em seu diálogo com Alice no País da Maravilha sobre o caminho: “achar a saída depende de para onde queremos ir”.

Aqui no Ser Integral, nosso compromisso é oferecer possibilidades de Auto Conhecimento identificadas com o momento em que vivemos, onde a Transformação é urgente. Se você faz parte do grupo de pessoas que quer Auto Conhecimento, Transformação e Realização do seu Propósito, viste nossa página de Atendimentos no link a seguir e agende seu atendimento: https://serintegralsaude.wordpress.com/atendimentos/

Um grande abraço e aproveite o momento para cadastrar-se, ganhar um presente e receber nossos textos em primeira mão: http://bit.ly/Seularemeequilibrio

Curta nossa fanpage e compartilhe nossos textos. Outras pessoas podem beneficiar-se!

https://www.facebook.com/paginaserintegral/

 

 

Para saber mais:

Alimentos orgânicos – ampliando os conceitos de saúde humana ambiental e social – Elaine Azevedo


Vamos comentar

%d blogueiros gostam disto: