55-universo

Você sabia que a nossa capacidade de defesa imunológica, é afetada não só por fatores físicos – tais como má alimentação, ausência de atividade física regular e hábitos saudáveis de modo geral – mas também e muito particularmente pelo nosso nível de bem estar mental e emocional?

Se você nos acompanha aqui no Ser Integral, já leu em algum post que compartilhamos, que conflitos emocionais, os sentimentos de impotência e sobretudo a falta de amor por si mesmo(a) pode ter efeitos muito nocivos ao bom funcionamentos dos nossos Chakras. E se você tem dedicado um pouco de atenção ao que leu, já percebeu que amor por nós mesmos se reflete no cuidado e principalmente na responsabilidade pessoal que assumimos por nós mesmos, nossos pensamentos que geram sentimentos e emoções diretamente proporcionais, e por nosso desenvolvimento espiritual.

Os Chakras fornecem energia sutil aos diversos órgãos do corpo. Quando os bloqueios e conflitos emocionais obstruem o funcionamento dos Chakras isso pode resultar num fluxo energético anormal para os diversos sistemas fisiológicos, que com o passar do tempo podem produzir doenças de maior ou menor gravidade em qualquer órgão do corpo.

Particularmente o Chakra do Coração é um dos mais afetados por estes bloqueios  e provavelmente o que produz consequências mais devastadoras para nossa saúde e equilíbrio.

Também conhecido como Chakra Cardíaco, seu nome em sânscrito é Anahata. Vibra na cor verde e está associado principalmente ao coração e aos pulmões. Sua glândula endócrina é o Timo, cuja principal função é a de produzir os linfócitos ou células T. As células T, juntamente com outras substâncias que o Timo produz são considerados elementos centrais na manutenção do equilíbrio do sistema imunológico.

O mais surpreendente  –  e que hoje queremos chamar sua atenção – é que a conclusão a que vários pesquisadores chegaram estudando a relação entre emoções e doenças é que existe uma forte correlação entre depressão, desgosto e diminuição das defesas imunológicas. Percebe a importância do equilíbrio das emoções?

A glândula do Timo é muito ativa na criança, aumentando de tamanho até a idade adulta, para involuir na terceira idade, tornando os idosos mais suscetíveis a desequilíbrios do sistema imunológico e às doenças oportunistas. Entretanto é possível que a involução do timo associada ao processo de envelhecimento não seja um processo universal. Ou seja, a atrofia do timo em idosos, pode ser uma resultante da solidão, depressão, bloqueio do chakra Cardíaco e consequente perda da função glandular.

Agora que sabemos da importância do Timo para nossa fisiologia e para o equilíbrio do Chakra Cardíaco, vamos ao que podemos fazer para mantê-lo saudável. Consciência, prática e auto responsabilidade, lembras-se? Este é o nosso lema aqui no Ser Integral.

Regra número 1: Amor por você. Quando desenvolvemos a capacidade de amor incondicional por nós mesmos (as), o amor pelos demais é natural e consequente. O chakra cardíaco torna-se mais aberto, seu fluxo de energia vital aumenta e se espalha para todos os órgãos que ele abastece: coração, pulmões e o Timo claro!

Regra número 2: Ouça sua intuição, ela é o seu canal de comunicação com seu coração. Pratique esta escuta e me conte o que mudou na sua vida;

Regra número 3: Pratique uma meditação em que você se visualiza inspirando e expirando a cor verde, cuja energia acalma e traz serenidade à mente. Dirija a energia da cor verde a todos os seus órgãos, de modo especial aos pulmões e ao coração;

Regra número 4: perdoe-se a si mesmo e aos outros. Esta é uma chave poderosa, porque muitas vezes é mais fácil perdoar aos outros do que a sim mesmo (a);

Regra número 5: pratique os seguintes exercícios para estimular seu Timo – dê batidinhas leves na região do Timo (sabe aquela região que tocamos quando dizemos ‘eu’?);

– pratique a respiração consciente, na qual quando inspira expressa seu amor por você e quando expira expressa seu amor pelo Universo e todas as suas criações.

Espero de todo meu coração ter despertado em você o desejo de cuidar melhor do seu Chakra Cardíaco que pela posição que ocupa em nosso corpo – centro do peito – é um elo fundamental entre os tres chakras inferiores e os tres chakras superiores. De uma maneira simples podemos dizer que a ascenção para outros níveis de consciência passa pela abertura deste chakra para sua função primordial que é nos ajudar a expressar o amor. Para Gerber∗ a expressão do amor talvez seja a principal lição que nós seres humanos temos a aprender durante a encarnação no plano físico. Sem amor, a vida pode ser muito sem graça, mesmo árida e desprovida de sentido.

Que possamos ter cada vez mais consciência da necessidade de aprender a amar, não apenas as pessoas que estão à nossa volta, mas principalmente a nós mesmos.

Você achou que estas informações foram úteis para você? Então comente aqui mesmo no blog ou na nossa fanpage do Ser Integral.: https://www.facebook.com/paginaserintegral/    Curta e compartilhe, outras pessoas podem beneficiar-se deste conteúdo.

Quer continuar recebendo nossos conteúdos? Clique no link e Cadastre-se: http://bit.ly/Seularemeequilibrio.  Além de estar conectado diretamente comigo, você ainda ganha de presente um lindo e-book preparado especialmente com dicas para harmonizar seus ambientes.

Agora, se você quer iniciar um mudança real e verdadeira, Agende um atendimento, diretamente no meu email: rmarrie@gmail.com

Um grande abraço, uma semana iluminada e plena de significado. Nos vemos no próximo post.

Para saber mais:

Gerber∗, Richard – Medicina Vibracional – uma medicina para o futuro – Ed Cultrix

Page, R Christine – Anatomia da Cura – Ed Ground

http://www.ogrupo.org.br/glandula_timo.asp

https://portal2013br.wordpress.com/2015/04/26/glandula-timo-a-chave-da-imunidade-e-da-energia-vital/


Rouse Marrie

Eu sou Rouse Marrie, Naturóloga, Especialista em Plantas Medicinais, Aromaterapia e Cromopuntura, Praticante de EMF Balancing Technique, Reiki e Leitora de Registros Akáshicos. Acredito firmemente na capacidade evolutiva do Ser Humano: não existe retrocesso. Às vezes damos um passo à frente e parece que damos dois para trás, mas é com estes passos que construimos a caminhada das nossas Almas. Se você sentir em seu coração que quer fazer esta caminhada com Amor, não hesite! Venha conosco!

Rosana Almeida · 26 de novembro de 2016 às 13:29

Excelente abordagem!Gratidão!🙏

Simone Pimenta Vidal Pérez · 2 de dezembro de 2016 às 22:46

Maravilhoso! Que bom ter lhe encontrado. As questões de que me interesso, mas talvez não compreendesse bem, estão colocadas de forma simples e direta.
Um texto delicioso.

    Rouse Marrie · 3 de dezembro de 2016 às 12:47

    Simone querida,
    Imensa gratidão por sua participação aqui no Ser Integral.
    Seu comentário é um poderoso estímulo para continuar.
    Continue nos acompanhando.
    Abraços de luz dourada.

Vamos comentar

%d blogueiros gostam disto: